Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Como posso me tornar uma pessoa madura na fé?

 
Imagem
Os 30 “quês” de uma pessoa madura na fé
Estamos num mundo muito pluralista, por isso precisamos nos tornar verdadeiros especialistas em matéria de fé e conversão. Se não for dessa forma, os cristãos “mais ou menos” não vão resistir. Daí, então, a necessidade de um amadurecimento real e concreto na fé.

Em comunhão com o evangelização, é preciso levar os outros ao encontro pessoal com Jesus, pois só assim vamos nos tornando maduros na fé, que nada mais é do que sermos crianças nas mãos de Deus. Livres da “maturidade” somente humana que questiona tudo, vamos a caminho de sermos “verdadeiros cristãos com coluna vertebral”, como expressou João Paulo II.

Textos bases para um aprofundamento e um exame de consciência a respeito da nossa fé: 1 Cor 3,1-9; Heb 5,12-14; Ef 4,11-15.

Como ser uma pessoa madura na fé?
A pessoa que tem uma fé vivida de forma madura com Deus:

1 – Escolhe inteiramente Deus;
2 – Sabe discernir a vontade d’Ele;
3 – Faz a vontade d’Ele até o fim;
4 – Vive o Evangelho sem questionamentos;
5 – É livre no Senhor;
6 – Sabe obedecer;
7 – Sabe reconhecer os sinais dos tempos;
8 – Vive uma individualidade, não um individualismo;
9 – É capaz de viver a alteridade;
10 – Vive uma fé com obras.

Amor e compaixão ao próximo
A pessoa que tem uma fé vivida de forma madura com o próximo:

1 – Pergunta sem duvidar do próximo;
2 – Vive a fé com o próximo;
3 – Consegue adaptar-se ao diferente;
4 – Alegra-se com o crescimento do próximo;
5 – Reconhece o outro, por este ser também um filho de Deus;
6 – Sabe o seu papel na sociedade;
7 – Contagia o próximo com a santidade;
8 – Tem como única competição amar mais o próximo;
9 – Ama com caridade;
10 – É original na fé e na opinião.

Ser fiel consigo
A pessoa que tem uma fé vivida de forma madura consigo:

1 – Tem autonomia na fé;
2 – É perseverante mesmo no sofrimento;
3 – Engaja-se, compromete-se;
4 – É especialista no que faz;
5 – É como “para-raio” na intercessão;
6 – Conhece a própria verdade;
7 – Assume as experiências vividas;
8 – Sabe receber elogios e também críticas;
9 – Sabe falar e também escutar;
10 – Deixa-se trabalhar no temperamento pelo Espírito de Deus.
 
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.