Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
O que significa benzer? O que significa abençoar?

 
Imagem
Vamos refletir, com base na Palavra de Deus, sobre o que é benzer e abençoar

Pediram-me para responder a estas duas perguntas: O que significa benzer? O que significa abençoar? Começo com o verbo “abençoar”, ou com o substantivo “bênção”: e percebo, antes de tudo, que o termo “bênção”, na Bíblia, sintetiza toda a história da salvação. De fato, toda a história de Israel é a história da bênção prometida a Abraão (Gênesis 12,3) e dada ao mundo por Jesus, “fruto bendito” do “seio bendito” de Maria (Lucas, 1,42). Aliás, essa bênção, já começa com a criação, como lemos em Gênesis 1,28: “E Deus os abençoou e lhes disse: ‘Sejam fecundos’ (…)”. Por outro lado, o pecado desencadeia a “maldição” sobre “a serpente” (3,14-15) e sobre o solo (3,17).

Depois do dilúvio, uma nova bênção, dá-se a humanidade: poder e fecundidade (9,1).

Mas, a partir de Abraão, a bênção é de um tipo novo, pois nela aparece o desígnio de Deus de abençoar “todas as nações da terra” (Gênesis, 12,3).

Uma fase importante, na qual se manifesta de maneira significativa a bênção de Deus, é a aliança com o povo de Israel. E a fidelidade a essa aliança é a garantia das bênçãos de Deus (Deuteronômio 28,1-14).

Deus é bondoso

Deus abençoa e, ao mesmo tempo, é abençoado, porque os fiéis reconhecem que Deus é bom e providente. A oração dos salmos com frequência é um exemplo disso. “Seja bendito Javé! Ele fez por mim maravilhas de amor” (Salmo 31,22). “Bendiga a Javé, ó minha alma, e todo o meu ser ao seu nome santo! Bendiga a Javé, ó minha alma, e não esqueça nenhum dos seus benefícios” (Salmo 103,1-2).

Muito significativo, a esse respeito, é o cântico de Zacarias, no dia da circuncisão do filho João Batista. Esse cântico é repetido todos os dias na Liturgia das horas: “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo” (Lucas 1,68).

Mas a bênção acontece também de homem para homem, como quando Melquisedeque abençoa Abraão (Gênesis 14,18-19), ou Isaac abençoa Jacó (Gênesis 27,27).

E, por que não pensar nas bênçãos de Jesus? Ele abençoa as crianças (Marcos 10,16) e seus discípulos (Lucas 24,50). Antes de partir o pão nas multiplicações dos pães (Marcos 6,42; 8,7) e na última ceia (14,22), ele pronunciou, conforme o costume judaico, uma fórmula de bênção, isto é, glorificou a Deus por causa do pão. Ensinou a seus discípulos a responder com uma bênção, às maldições dos seus inimigos (Lucas 6,28), descreveu a eterna felicidade dos justos como a bênção definitiva dada pelo Pai (Mateus 25,34). O mesmo Jesus foi abençoado pelos piedosos judeus (Marcos 11,9-10).

Rito de bênção

E hoje a Igreja abençoa, e até com ritual de bênção. Pense, por exemplo, na bênção das casas ou dos objetos de devoção. E, como não lembrar o belo costume, que ainda vigora em alguns lugares, dos filhos pedirem a bênção dos pais, quando estão saindo de casa! Os pais respondem ao pedido de bênção dos filhos invocando a Deus: “Deus te abençoe, meu filho!”.

Se olharmos para a etimologia, quer dizer, a origem da palavra, na língua latina os termos “benedicere” (benzer, abençoar) e benedictio (bênção), significam “dizer bem”, “palavra benevolente”. Nesse sentido, a “bênção de Deus” sobre nós, corresponde a uma “palavra criadora” de bem. Em outros termos, Deus, com a sua poderosa palavra, cria o bem na nossa vida. E, quando nós bendizemos a Deus, reconhecemos o bem que Ele nos fez e nos faz. Quando nós abençoamos os outros, pedimos a Deus que derrame o bem sobre eles.

Acreditamos que, quem está mais perto de Deus, pode interceder por nós. Eis por que nós nos aproximamos dessas pessoas pedindo a bênção. Às vezes, poderia haver até uma superstição: motivo pelo qual “benzer”, ou “benzedeiro”, teria outro significado. Nos dicionários da língua portuguesa o termo “benzedeiro” chega a ter, entre outras acepções, também tem a de “bruxo”, ou de “feiticeiro”. Por isso, vale a pena seguir o conselho do apóstolo Paulo: “Examinem tudo e fiquem com o que é bom” (1 Tessalonicenses 5,21).

Que Deus, na sua misericórdia, abençoe todos nós!
 
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.