Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Bispos lembram cristãos perseguidos que não podem celebrar a Páscoa

 
“Eles [os cristãos perseguidos] são o corpo sofredor de Cristo”, afirma bispos das Conferências Episcopais Europeias

Da redação, com Agência Ecclesia

Os bispos das Conferências Episcopais Europeias afirmaram a sua vontade de percorrer um caminho de unidade, convidando as comunidades cristãs a “serem um sinal de alegria na fé e de amor desinteressado” nesta altura pascal.

“As atuais divisões entre cristãos ferem o corpo de Cristo, mas hoje, quando as Igrejas do Oriente e do Ocidente celebram ao mesmo tempo a cruz e a ressurreição, proclamamos a nossa comum fé em Jesus Cristo, o Redentor que se levantou e ressuscitou do meio dos mortos”, afirmam os bispos em comunicado enviado à Agência Ecclesia.

A CCEE lembra os cristãos perseguidos que se veem impedidos de celebrar as festas pascais: “Temos especialmente unidos a nós, através das nossas orações, aqueles cristãos perseguidos e impedidos de celebrar a ressurreição de Jesus em liberdade e paz. Eles são o corpo sofredor de Cristo”.

Os bispos lembram ainda quantos “morreram por professarem a sua fé e todos aqueles que continuam a testemunhar e a trabalhar para que seja possível o respeito mútuo e o diálogo em situações perigosas”.

“Eles são um apelo a que os cristãos na Europa também sejam corajosos na sua fé e testemunhem com alegria e convicção o amor infinito de Deus. Eles apelam aos cristãos na Europa a permanecerem junto dos mais necessitados, independentemente da nacionalidade ou da religião: os pobres, as mães sozinhas com os seus filhos, os doentes e os idosos, os presos, os refugiados, e todos os excluídos da nossa sociedade”.

Reconhecendo que a “crucificação” é uma realidade que continua na vida humana, “violada e explorada” em cenários de “guerra, da ganância e da injustiça”, onde a vida “está sob ameaça e é tantas vezes destruída”, os bispos europeus querem afirmar que “Jesus Cristo é mais forte do que as nossas portas fechadas e do que as paredes que existem nos nossos corações”.

“A celebração cristã da Páscoa significa que, através de Jesus Cristo, a vida triunfa sobre a morte, a esperança sobre o desespero e a paz sobre o conflito; nada é como era antes da ressurreição de Cristo”.
http://noticias.cancaonova.com/mundo/bispos-lembram-cristaos-perseguidos-que-nao-podem-celebrar-pascoa/
 
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.