Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Dom Mol apresenta análise da realidade da Igreja no Brasil

 
Imagem
“Estamos num país com um povo de uma grande relação com Deus e crença muito bem definida”, afirmou Dom Mol.

André Cunha
Enviado especial a Aparecida

Na tarde desta quinta-feira, 7, o bispo auxiliar de Belo Horizonte, Dom Joaquim Giovani Mol, e o Arcebispo de Londrina (PR), Dom Orlando Brandes, concederam entrevista coletiva à imprensa, durante a 54ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil.

Dom Mol fez a apresentação das ideias chaves das análises que o episcopado tem feito com relação ao cenário sócio-religioso e sócio-político do Brasil.

Segundo Dom Mol, não há uma mudança substantiva da realidade cenário social da religião no Brasil. De acordo com os dados apresentados pelo bispo, a Igreja Católica permanece com a maioria dos que se declaram com religião: 64% da população brasileira é católica. Entre os outros grupos religiosos, há um destaque para os da linha pentecostal, com 18%.

Para o bispo, o que mais chama a atenção é o número relacionado aos que se consideram sem religião; eles são 8,9% da população. Segundo ele, as razões das pessoas sem religião são basicamente estas: possuem uma religiosidade própria sem vínculo com uma instituição; não possuem crenças religiosas ou não frequentam nenhuma Igreja. Dentre estes 8,9%, 0,5% dizem não acreditar em Deus.

“Nós, portanto, estamos num país que tem um povo com uma grande relação com Deus e com uma crença muito bem definida nesse aspecto”, afirmou o bispo.

Ainda segundo Dom Mol, mais de 68% da população nunca transitou de religião. O restante, uma vez que transitam a primeira vez, o fazem outras tantas. “Normalmente, as pessoas vão com sentido de busca, de realização, de solução dos problemas e etc. Mas aí ela começa a transitar muito, quem sabe como um indicativo de uma procura muito intensa”, explicou Dom Mol.

Já o nível de compromisso e de participação das pessoas em suas religiões não é o ideal, de acordo com Dom Mol, porém, “é muito significativo”. Segundo ele, 23% dos que se declaram católicos têm um compromisso com a Igreja. Com os protestantes o percentual varia.

“Nós estamos num cenário de pluralismo religioso muito grande. Portanto, precisamos cultivar a capacidade de diálogo uns com os outros, de respeito com as diferenças religiosas, para que assim, a somatória da vivência religiosa possa contribuir com cada pessoa individualmente, como também marcar a sua família e a realidade brasileira.
Realidade social e política do Brasil

Dom Joaquim Giovani Mol também reafirmou a posição da Igreja Católica no Brasil, bem como a de todos os bispos da CNBB:

“A Igreja Católica no Brasil, através da CNBB, mas também dos padres e seus fiéis, repudia com veemência toda e qualquer atitude, ação ou plano de corrupção em nosso país. E por considerar a corrupção como algo que fere, e mais do que fere, desmancha o tecido social, a CNBB considera que a apuração de toda a corrupção deve ser implacável; que as pessoas envolvidas devem ser julgadas; as pessoas consideradas culpadas, devem ser punidas, rigorosamente dentro da legislação que temos no país”, disse.
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.