Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Avião do futuro teria três andares e emissão zero de carbono

 
Imagem

A multidão que lota as ruas de pedra no verão dá lugar a uma caminhada agradável e relaxante no outono. Os passeios de barco não se tornam sufocantes pelo calor e é possível passar pelas praias sem aperto.


Veja os melhores lugares para curtir o outono no Brasil
Amsterdam, Netherlands
Cidades pensadas para pedestres favorecem turismo a pé; conheça as melhores

Em 2030, fazer viagens aéreas pode ser uma experiência muito diferente da que vivemos atualmente. Algumas empresas já pensaram no avião "sem janelas", para um voo com uma vista panorâmica; outras investem no máximo do luxo, como a Singapure Airlines. Já o designer Oscar Viñals pensou em uma aeronave do futuro com emissão zero de carbono e que produziria sua própria energia enquanto está no ar. Com três andares e capacidade para cerca de 800 passageiros, ela recebeu o nome de AWWA Progress Eagle.

O transporte futurista representaria uma revolução na aviação. Em vez de usar combustíveis fósseis, que poluem o meio ambiente, o "avião do futuro" teria seis motores de hidrogênio, um motor traseiro com energia eólica e painéis solares. Suas asas também teriam um formato diferenciado com um design que as deixaria mais leve, para facilitar o voo. Dessa forma, a aeronave seria ecológica e, devido aos motores de alta tecnologia, seria 75% mais silenciosa do que as aeronaves tradicionais.

Outra característica desse avião é que ele teria uma estrutura bem maior do que as tradicionais. A maior aeronave do mundo, o Airbus 380, apesar de ter projetos para aumentar seu número de assentos para 544 poltronas em 2017, não chegaria aos pés da AWWA Progress Eagle. Esta teria cerca de 800 lugares distribuídos em três andares, com quartos privados, lojas e restaurantes. Dessa forma, o voo ficaria bem mais agradável e menos estressante. Para complementar, seria criada uma nova classe na parte frontal da aeronave chamada de "classe piloto". Nela os passageiros poderiam viajar com um visual panorâmico.

Apesar de ser uma ideia inovadora, apenas 40% da tecnologia necessária para fabricar o projeto está disponível. Seria preciso utilizar células solares quânticas, micro captadores de ondas de rádio e nanofios para a energia cinética; que existem, porém, só nos melhores laboratórios e em quantidades reduzidas. Enquanto o avião não é fabricado, os viajantes que quiserem uma experiência diferente podem voar na aeronave com a temática do Star Wars ou na Icelandair, com uma iluminação que imita a Aurora Boreal.

Na Foto: O AWWA Progress Eagle foi projetado pelo designer Oscar Viñals


O "avião do futuro" seria bem maior do que os tradicionais, com capacidade para 800 passageiros distribuídos em três andares
No AWWA Progress Eagle, seria criada uma nova classe situada na parte frontal da aeronave chamada de "classe piloto", em que os passageiros teriam vistas panorâmicas
Próximo
[Unhappy Countries - Heng Sinith/AP Photo; Dan Kitwood/Getty Images; Thomas Schulze/dpa/Corbis; ZUMA/Rex Features]
Os 25 países mais infelizes do mundo
EM PARIS - Jardin & Palais du Luxembourg (pl Auguste-Comte, pl Edmond-Rostand ou rue de Vaugirard, 6º (01.42.34.23.89/www.senat.fr/visite). Mº Odéon/RER Luxembourg. Aberto Jardim verão, 8h/anoitecer; inverno; 9h/anoitecer. Grátis). O parque de 25 hectares é uma atração familiar. As crianças vêm de toda a cidade para os seus passeios de pônei, espetáculos de marionetes, passeios no lago, brincar em tanques de areia, carrossel e outros brinquedos. O playground tem uma taxa de entrada.
Primavera colore parques e jardins…
Time Out
Localizada na comuna de Son Trach, no Vietnã, Son Doong é classificada como a maior caverna do mundo pela BCRA e considerada uma das mais belas do planeta, segundo a BBC News (foto: Nguyen Tan Tin/Flickr-Creative Commons)
Maior caverna do mundo fica no Vietnã…
Viagem em Pauta

Uma das livrarias mais antigas do mundo fica em Porto, a famosa Lello. Foi fundada em 1869 e está na sede atual desde 1909. É magnífica, e além dos muitos títulos possui exposições e café no segundo piso.


Confira livrarias que todo apaixonado por…
Guia da Semana
50 countries with the world's most powerful passports
Conheça os 50 passaportes mais…
Vá para a Homepage do MSN

1 de 3 © Divulgação, Oscar Viñals
Avião do futuro teria três andares e emissão zero de carbono

Em 2030, fazer viagens aéreas pode ser uma experiência muito diferente da que vivemos atualmente. Algumas empresas já pensaram no avião "sem janelas", para um voo com uma vista panorâmica; outras investem no máximo do luxo, como a Singapure Airlines. Já o designer Oscar Viñals pensou em uma aeronave do futuro com emissão zero de carbono e que produziria sua própria energia enquanto está no ar. Com três andares e capacidade para cerca de 800 passageiros, ela recebeu o nome de AWWA Progress Eagle.

O transporte futurista representaria uma revolução na aviação. Em vez de usar combustíveis fósseis, que poluem o meio ambiente, o "avião do futuro" teria seis motores de hidrogênio, um motor traseiro com energia eólica e painéis solares. Suas asas também teriam um formato diferenciado com um design que as deixaria mais leve, para facilitar o voo. Dessa forma, a aeronave seria ecológica e, devido aos motores de alta tecnologia, seria 75% mais silenciosa do que as aeronaves tradicionais.

Outra característica desse avião é que ele teria uma estrutura bem maior do que as tradicionais. A maior aeronave do mundo, o Airbus 380, apesar de ter projetos para aumentar seu número de assentos para 544 poltronas em 2017, não chegaria aos pés da AWWA Progress Eagle. Esta teria cerca de 800 lugares distribuídos em três andares, com quartos privados, lojas e restaurantes. Dessa forma, o voo ficaria bem mais agradável e menos estressante. Para complementar, seria criada uma nova classe na parte frontal da aeronave chamada de "classe piloto". Nela os passageiros poderiam viajar com um visual panorâmico.

Apesar de ser uma ideia inovadora, apenas 40% da tecnologia necessária para fabricar o projeto está disponível. Seria preciso utilizar células solares quânticas, micro captadores de ondas de rádio e nanofios para a energia cinética; que existem, porém, só nos melhores laboratórios e em quantidades reduzidas. Enquanto o avião não é fabricado, os viajantes que quiserem uma experiência diferente podem voar na aeronave com a temática do Star Wars ou na Icelandair, com uma iluminação que imita a Aurora Boreal.

Na Foto: o AWWA Progress Eagle foi projetado pelo designer Oscar Viñals
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.