Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
Santa Sé condena uso de crianças-soldado no Oriente Médio

 
Imagem
Recrutamento de crianças para os conflitos foi ponto destacado pelo Observador da Santa Sé na ONU, que participa da sessão do Conselho dos Direitos Humanos

Da Redação, com Rádio Vaticano

O Observador Permanente da Santa Sé junto às Nações Unidas em Genebra, Dom Silvano Tomasi, discursou, na manhã desta terça-feira, 17, durante a 28ª Sessão do Conselho dos Direitos Humanos. A plenária do Palácio das Nações foi aberta para as considerações dos países após a apresentação do relatório da Comissão Internacional Independente de Investigação na República Árabe da Síria.

As investigações apontaram que, desde o início da guerra na Síria, 4 anos atrás, cerca de 10 milhões de pessoas abandonaram o país. Destes, cerca de 3 milhões – principalmente mulheres e crianças – são hoje refugiados nos países vizinhos.

Crianças-soldado

Dom Tomasi citou as fontes que revelam como as crianças sofrem as brutais consequências do conflito, sendo recrutadas, treinadas e usadas em combate, até mesmo como escudos humanos em ataques militares.

“O autoproclamado Estado Islâmico (EI) piorou ainda mais esta situação treinando e usando crianças como kamikazes, matando crianças de outras religiões e etnias, vendendo crianças como escravas, executando grandes números de meninos e outras atrocidades”, denunciou o arcebispo.

Apólides

Hoje, no mundo, são 10 milhões de crianças apólides, ou seja, que não têm uma nacionalidade. A ONU aponta que ao menos 30 mil crianças fugidas da Síria hoje estão no limbo daquelas sem cidadania.

Destas, 3,5 mil não têm família ou identidade. “São crianças-fantasma”, destacou Dom Tomasi, ao dizer à Comunidade Internacional que simplificar os mecanismos e as exigências para o registro é um passo para resolver a chaga das crianças apólides.

Educação

Ao terem uma identidade, estas crianças precisam de educação, aponta o Observador da Santa Sé. O relatório mostrou que ao menos 5 mil escolas foram destruídas na Síria, onde mais de 1,5 milhão de estudantes não tem mais acesso aos estudos.

“O EI ainda fechou uma grande quantidade de escolas em regiões por ele controlada”, recordou Dom Tomasi ao advertir que “a Comunidade Internacional, como um todo, parece ter menosprezado a extensão da crise na Síria”.
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.