Paróquia São Francisco de Assis
 

PESQUISAR

Digite a palavra ou frase de seu interesse:
 

LITURGIA DIÁRIA

 

ACERVO

 

WEB TV

Web TV
 

DESTAQUES

 

FOTOS EM DESTAQUE

 
A Igreja é mãe e tem como modelo Maria, diz Papa na catequese

 
Imagem
Santo Padre falou aos fiéis sobre a maternidade da Igreja, que alimenta seus filhos a cada dia com a Palavra de Deus

O cristão não é órfão, pois encontra na Igreja e em Maria uma mãe. Essa foi, em síntese, a reflexão do Papa Francisco que, na catequese desta quarta-feira, 3, voltou a refletir sobre o aspecto maternal da Igreja, que tem por modelo a Virgem Maria.

A maternidade da Igreja, disse o Papa, coloca-se em continuidade com a maternidade de Maria, como seu prolongamento na história. “Olhando Maria, descobrimos a face mais bela e terna da Igreja. Olhando para a Igreja, reconhecemos os traços sublimes de Maria. Mas nós cristãos não somos órfãos. Nós temos uma mãe. Temos mãe. E isso é grandioso. Não somos órfãos. A Igreja é mãe. Maria é mãe”.

Francisco explicou que a Igreja é mãe porque gerou cada um no batismo e desde então faz com que os fiéis cresçam na fé com a força da Palavra de Deus. A maternidade da Igreja se expressa de modo peculiar nesse serviço de evangelização, pois a mostra como uma mãe preocupada em dar aos seus filhos o alimento espiritual que frutifica a vida cristã. Por isso mesmo, cada um é chamado a acolher a Palavra de Deus proposta pela Igreja.

“Somente a Palavra de Deus tem esta capacidade de nos transformar no mais profundo. A Palavra de Deus tem este poder. E quem nos dá a Palavra de Deus? A Mãe Igreja. Ela nos amamenta desde pequenos com esta Palavra. E nos ensina toda a vida com esta Palavra. E isso é grandioso. É justamente a Mãe Igreja que, com a Palavra de Deus, nos transforma por dentro”.

O Santo Padre destacou ainda que o Evangelho e os sacramentos orientam as opções de vida. Diante dos perigos do mundo, a Igreja defende seus filhos com a coragem de uma mãe e pede que sejam vigilantes em relação às seduções malignas.

“A Igreja tem a coragem de uma mãe que sabe ter o dever de defender os próprios filhos dos perigos, que derivam da presença de satanás no mundo, para levá-los ao encontro com Jesus. Uma mãe sempre defende os seus filhos. Esta defesa consiste também em exortar à vigilância: vigiar contra o engano e a sedução do maligno. Porque mesmo que Deus tenha vencido satanás, ele sempre volta com as suas tentações como leão que ruge ao nosso redor procurando nos devorar”.

Recordando que a Igreja é formada não só pelo clero, mas por todos os batizados, o Papa Francisco concluiu a catequese pedindo a Maria que ensine os fiéis a imitarem sua solicitude pelo bem dos irmãos, com a capacidade sincera de acolher, perdoar e infundir coragem e esperança.
 
 
Comentários: Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário!
Imprimir
Comentar

CADASTRAR-SE

Cadastre seu e-mail para receber nossas atualizações:
 

INFORMATIVO

 

NOTÍCIAS

 

WEB RÁDIO

Web Rádio
 

DESTAQUES

 

VÍDEO EM DESTAQUE

It was much more of an odd piece than a practically rolex replica sale useful one, and hence it had not received instant recognition or success. It has to be noted though that replica watches uk at the time of its creation in the middle of the 1950's intercontinental business trips were much less common than rolex replica sale they are today, which rendered this watch less desirable than its similarly expensive counterparts which were equipped with other useful complications as judged by contemporary standards. In any event the original Patek Philippe World Timer is a complicated piece unto itself. The ingenious world time disc-system was invented by Louis Cottier in 1931 was later replica watches implemented by Patek, Vacheron Constantin, Rolex, and others. As times have changed, not only did this complication rolex replica uk become one of the most popular useful functions, but the reference 2523 has also become much more appreciated among collectors, as seen by the seven figure prices these replica watches uk world timers consistently achieve at auctions.